https://recuperarportugal.gov.pt/ 

COMPETE 2020

Designação do projeto | Inovação Produtiva
Código do projeto | POCI-02-0853-FEDER-033424
Objetivo principal | Reforçar a competitividade das pequenas e médias empresas
Região de intervenção | PT16D – Aveiro
Entidade beneficiária | Rodi-Sinks & Ideas, S.A.
Data de aprovação | 15-02-2018
Data de início | 19-01-2018
Data de conclusão | 18-01-2020
Custo total elegível | 6.366.409,96 Euros
Apoio financeiro da União Europeia | FEDER – 3.183.204,98 Euros

Este projeto tem como principal objetivo o aumento da capacidade produção de rodas para e-bikes e fabricação de lava-louças através de novos processos de fabrico, de forma a aumentar a produtividade , assegurando ainda a qualidade. O investimento previsto no sector do ciclismo permitirá a produção de novos produtos para o mercado das e-bikes, direcionados principalmente para o mercado europeu. No que respeita ao sector dos lava-louças, o novo processo a implementar, permitirá à empresa a produção de novos modelos de lava-louças. A RODI prevê a implementação de um sistema de otimização dos processos produtivos e logísticos e o desenvolvimento de novas ferramentas de apoio aos clientes, bem como a instalação de um sistema de autoconsumo fotovoltaico para racionalizar os consumos de energia, investimento que espelha a cultura da empresa de responsabilidade social e de sustentabilidade. Com este projeto a RODI tem como objetivo o aumento do seu volume de negócios, da sua taxa de exportação, a criação liquida de postos de trabalho e ainda o aumento da taxa de emprego altamente qualificado.


COMPETE 2020
Designação do projeto |  Potenciar, Afirmar e Desenvolver a Internacionalização na RODI, S.A.
Código do projeto | 27/SI/2018 – POCI-02-0752-FEDER-042203
Objetivo principal | Reforçar a competitividade das pequenas e médias empresas
Região de intervenção | PT16D: Centro – Região de Aveiro
Entidade beneficiária | Rodi-Sinks & Ideas, S.A.

Data de aprovação | 10-04-2019

Data de início | 08-11-2018
Data de conclusão | 07-11-2022
Custo total elegível | 1.000.005,00 Euros
Apoio financeiro da União Europeia | FEDER – 325.388,42 Euros

A Rodi tem como objetivos estratégicos para os próximos anos, estabelecer a criação de uma maior capacidade industrial, para introdução  de novos produtos para a conquista e/ou consolidação de novos mercados, uma nova política de comunicação que confira à empresa maior notoriedade, a implementação de uma estratégia digital, a transformação produtiva apoiada pelas novas tecnologias e a criação líquida de três postos de trabalho. Pretende-se atingir uma exportação média de 81%.

Com este projeto a Rodi irá investir em ações que lhe permitam colocar os produtos no mercado, promovendo-os, bem como à marca, seja por via da participação em feiras, catálogos, filmes, presença na web, e realização de viagens de prospeção aos mercados alvo. Também se pretende apostar em ferramentas de marketing e promoção. Com a implementação das presentes ações, prevê-se que a empresa conseguirá um trajetória de crescimento ao nível das exportações e assim contribua para o aumento da taxa de emprego altamente qualificado na região de Aveiro.

No ano pré projeto a Rodi tinha um volume de negócios internacional de cerca de 23,7 milhões de euros , no pós projeto estimamos atingir os 26 milhões de euros em termos internacionais, havendo uma aposta em novos mercados como Egipto, Senegal, Ucrânia e Vietname  no setor doméstico. No setor ciclismo os novos mercados a abordar são a Costa Rica, Eslovénia, Israel, Equador e México.

 

 

 

FICHA DE PROJETO
Nome da Agenda | AM2R – Agenda Mobilizadora para a Inovação Empresarial do Setor das Duas Rodas
Líder do Consórcio | POLISPORT PLÁSTICOS
Descrição da Agenda | A Agenda Mobilizadora para a inovação empresarial do setor das Duas Rodas visa operacionalizar a intervenção em áreas prioritárias na cadeia de valor que permitirão transformar o perfil produtivo nacional e desenvolver um novo alinhamento de especialização no setor que permita alavancar o seu posicionamento competitivo no mercado internacional, com enfoque na independência face ao mercado asiático, através do desenvolvimento e endogeneização de conhecimento avançado em torno de novos produtos, processos e serviços, aumentando e diferenciando a produtividade nacional e potenciando a difusão de conhecimento tecnológico assente na sustentabilidade e digitalização.
Assim, é objetivo principal da Agenda consolidar e expandir a ligação entre o tecido empresarial e o sistema cientifico tecnológico com o intuito de aumentar a competividade e resiliência do setor com base em investigação e desenvolvimento tecnológico, inovação e diversificação da estrutura produtiva de produtos e serviços.

Data de Início | 01-10-2021
Data de Conclusão | 31-12-2025
Investimento Agenda | 213 739 775, 68€
Objetivos, Atividades e Resultados esperados/atingidos | A Agenda pretende introduzir inovações de produto/processo na indústria das duas rodas, prevendo obter as novas soluções através do investimento em I&D e imediatamente promover a sua valorização económica por via da industrialização. Assim, ao passo que os projetos de I&D visam fomentar a transferência de conhecimento entre ENESII e empresas, criando ambientes criativos e reunindo massa crítica adequada ao desenvolvimento de soluções disruptivas, os projetos de investimento produtivo vêm capacitar os tomadores de tecnologia para a sua produção/implementação.
Os projetos de I&D da Agenda partem, assim, de um TRL elevado, compreendendo atividades de investigação industrial e, desenvolvimento experimental, vocacionadas para elevar a maturidade tecnológica das várias soluções. Os novos produtos, processos e serviços a alcançar apresentam um elevado perfil transacionável, contribuindo para aumentar significativamente as exportações do setor e para reduzir as importações, em particular do mercado asiático.
A Agenda está, também, suportada num plano de valorização e promoção de resultados que engloba, além da introdução no mercado de 55 produtos, processos e serviços, 116 publicações técnico-cientificas e 193 ações de disseminação tecnológica/promoção técnico-cientifica. Já os PPS reúnem perspetivas de valorização económica elevadas, em virtude do forte potencial de exportação e do assinalável grau de escalabilidade, tanto no setor
das duas rodas como a outras indústrias.
Ainda de salientar o potencial de internacionalização, que proporcionará a obtenção de um retorno e um efeito multiplicador do investimento realizado, prevendo uma taxa de exportações média das empresas do consórcio de 73% em 2027 (sem considerar o efeito de exportações indiretas).
Os consorciados esperam alcançar em 2027 um volume de negócios de Euro 336 milhões em função, exclusivamente, dos produtos da agenda, o que evidencia um importante efeito multiplicador face ao montante a investir (Euro257 milhões). Em 2027 as soluções da Agenda estarão ainda em fase de ramp-up, esperando-se um crescimento significativo deste volume de negócios nos anos subsequentes.

Entidade Beneficiária | RODI-Industries, S.A.
Investimento | 17 465 444,16€

 

Fechar